Carregando...
TECNOLOGIA

Ano novo, novos planos: aposte em ferramentas para gerir o seu negócio!

Ano novo, novos planos: aposte em ferramentas para gerir o seu negócio!

Um ano diferente para todos os setores, porém, quando o ano se reinicia, renovam-se as expectativas, os planos e se passa a pensar em novos objetivos tanto na vida pessoal quanto na vida profissional. Para quem trabalha no e-commerce, é importante fazer um balanço geral do ano que passou para poder desenvolver um novo planejamento e também entender as fraquezas e as oportunidades de crescimento do negócio.
O comércio online cresceu muito no ano de 2020 e muitas novas operações online surgiram, muitos destes empreendedores precisam aprender sobre gestão e organização do negócio para cuidar melhor da loja e da venda através de canais parceiros. Outra tendência que se aplica ao profissional do nosso tempo é a utilização de tecnologia para facilitar o trabalho do dia a dia, o que também vem se encaixando na transformação digital.

Facilitadores e estratégias para vender mais

Nesta etapa de organização e planos para o próximo ano, é importante rever os processos diários no que diz respeito à gestão interna do negócio e optar por ferramentas e processos que descompliquem e tornem o trabalho mais otimizado. Confira algumas dicas:

  1. Gestão online e em nuvem: Gerir o negócio somente em formato presencial é algo que não será mais acessível na maioria dos casos. Toda a gestão do negócio deve poder ser feita de qualquer lugar e de qualquer dispositivo. Utilizar um sistema de gestão online e em nuvem é um grande facilitador que estará cada vez mais implementado no dia a dia das empresas. A partir disso, o empreendedor pode acessar o controle financeiro, estoque, logístico com facilidade, já que a tecnologia cloud computing ou armazenamento de dados em nuvem possibilita que toda informação fique devidamente guardada sem ocupar espaço no computador.
  2. Presença digital: Cada vez mais é possível e é preciso estar presente em canais variados, mesclando as estratégias de venda e indo ao encontro do consumidor onde e como ele quiser. Seja através da loja virtual, marketplaces de nicho e abrangentes, redes sociais e também através de email e mensagens, é importante que o consumidor tenha a sua marca como referência.
  3. Variedade nas opções de pagamento: Os métodos de pagamento estão cada vez mais instantâneos e diversificados. É preciso aderir a todos os formatos pois o e-commerce precisa estar adaptado com opções como o PayPal, Apple Pay, e também o Pix, dando assim opção ao consumidor para pagar da maneira que preferir.
  4. Atendimento personalizado: O cliente quer se sentir exclusivo. Aposte em conteúdo de apoio e interativo para engajar o usuário na sensação de pertencimento ao negócio, e dando a ele informações sobre os produtos. Mesmo as pequenas empresas já são capazes de analisar dados e podem acessar esses serviços para entender o que seu público deseja comprar no seu canal de vendas. Isso proporciona uma experiência personalizada ao cliente, com base em seus hábitos de consumo.
  5. Busque novas estratégias de venda: É hora de repensar os processos para proporcionar sempre melhor experiência ao consumidor, do pedido até a entrega. Aposte em videos e conteúdo interativo através das ferramentas das redes sociais, é um caminho importante e cada vez mais necessário. O lojista de e-commerce pode apostar na produção de vídeos com poder de viralização para ganhar mais relevância no universo de negócios online como forma de estar mais conectado ao cliente.
    Outra estratégia que tem se mostrado cada vez mais relevante é a economia de recorrência, ou seja, planos de assinatura como negócio. Assim como nas plataformas de streaming, o consumo dentro do lar também permitiu novos produtos a se encaixarem nas necessidades dos consumidores e se encaixarem em propostas de assinatura. Clube de livros, vinhos, produtos de beleza, com vantagens em preço, entrega e fidelização são uma aposta certeira.
  6. Esteja atento às tendências: É preciso ter bandeiras de importância coletiva, como a sustentabilidade, por exemplo. O público das novas gerações se importa cada vez mais com o propósito da marca, e os cuidados com embalagens, excesso de plástico ou de papel na entrega são constantemente observados. O consumidor está cada vez mais atento a essas questões e passa a valorizar mais produtos com apelo de menos impacto ambiental, seja na sua filosofia ou na composição do produto em si.

A esperança é o que faz o sentimento de recomeço se renovar que uma virada de ano. Nos negócios, é importante pensar de forma criativa e se valer de estratégias e ferramentas para melhorar o trabalho e também a experiência do consumidor.

É importante o lojista pensar em entregar, além de bons produtos, bom atendimento e serviços de entrega rápidos e acessíveis.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezessete + 13 =