Como o growth pode alavancar suas vendas no e-commerce – Abcomm – Associação Brasileira de Comércio Eletrônico
Carregando...
MARKETINGNotícias

Como o growth pode alavancar suas vendas no e-commerce

Como o growth pode alavancar suas vendas no e-commerce

Por: Hugo Gomes Westphal – Coordenador de Inteligência Comercial da Infracommerce

Com um tom de frescor e de atualização constante, o growth é a nova cara do marketing voltado para a aquisição, retenção e fidelização de clientes. Mas, como alcançar esse cenário em que o marketing de crescimento pode ser a grande sacada do seu e-commerce? Continue a leitura deste artigo e saiba tudo sobre essa metodologia que tem renovado o relacionamento entre marcas e consumidores.

O que é uma estratégia de growth marketing

Antes de falar especificamente do growth marketing, é importante entender de onde ele surgiu. Este é um conceito que evolui da estratégia de growth hacking, criada por Sean Ellis em 2010, durante o boom das startups. Na época, o objetivo era utilizar a combinação de marketing, dados e tecnologia para acelerar o crescimento das pequenas empresas com um custo relativamente baixo, visando resultados rápidos e mensuráveis.

O growth marketing (marketing de crescimento), então, foi desenvolvido na sequência, porém com uma meta mais focada no longo prazo, já que a retenção e fidelização de clientes é uma etapa que demanda tempo para que esse laço seja estabelecido. Essa estratégia envolve a realização de testes e experimentos, análise de dados e correção da rota a cada novo ciclo.

Dentro do marketing de crescimento, inclusive, o funil de vendas é visto por uma ótica diferente. Aqui, o chamado funil pirata utilizado pelos profissionais de growth inicia com as ações que trazem a aquisição de clientes (estratégias de conteúdo, landing page com material exclusivo para baixar, preenchimento de formulários em troca de benefícios, e etc.).

Depois, é aplicada a etapa de ativação (quando o cliente é motivado a utilizar o produto), passando para a retenção (incentivos para manter a sua base de clientes, como cupom de desconto para compradores recorrentes), depois para a receita (testes de precificação, cross e up selling), e atingindo o estágio de indicação (momento em que o cliente se torna um defensor da sua marca, recomendando os produtos para familiares e amigos).

Principais benefícios do marketing de crescimento

A partir dessa base inicial que apresentei para você no tópico anterior, é fácil de perceber que o growth marketing vai um passo além do marketing tradicional. Enquanto o marketing em si vai se atentar a ações imediatas de comunicação com os clientes, o marketing de crescimento vai olhar para o resultado das campanhas, analisando dados qualitativos e quantitativos para identificar as estratégias que trazem escalabilidade para o modelo de negócio.

Sim, o growth só toma decisões com a análise e o uso de dados, colocando os esforços em tudo o que efetivamente vai gerar o crescimento da marca no digital. Este, talvez, é o principal benefício em adotar essa metodologia de aquisição e retenção de clientes. No final do mês, ou a cada período pré-estabelecido, os resultados serão visíveis e, assim, você consegue conquistar uma evolução com um “caminho das pedras” bem definido e embasado em dados.

Aplicando essa metodologia no e-commerce

Há várias estradas que você pode pegar para acelerar a sua presença no universo do marketing de crescimento para e-commerce. Entre elas, posso destacar o cuidado com o atendimento ao cliente a partir de uma interação rápida e humanizada, para entender no detalhe as dores desse consumidor e guiar a conversa com o foco na resolução do problema a partir do seu produto.

Outra habilidade é acompanhar a evolução da jornada do cliente, durante cada uma das etapas. Esse é um fator em constante mudança e atualização, por isso, a análise dessa jornada é extremamente importante para aplicar ações efetivas de growth.

Estar atento às movimentações do cliente, do nicho de mercado e do uso de novas ferramentas de tecnologia, são os principais pontos para equilibrar as iniciativas de growth. Por isso, mapeie constantemente o que vai trazer resultados para a saúde do seu negócio e mude a rota quando necessário. Seguindo essas dicas valiosas, seu e-commerce tem tudo para alavancar as vendas e o crescimento de modo sustentável e duradouro.

—-

Autor: Hugo Gomes Westphal – Coordenador de Inteligência Comercial da Infracommerce

Profissional graduado em Economia com grande expertise no suporte às áreas de negócio e estratégicas em empresas multinacionais e nacionais de grande porte.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

13 − seis =