Carregando...
Eventos e PublicaçõesNotícias

Projeto Mercosul Digital lança livro com estudos e diagnósticos sobre Comércio Eletrônico no MERCOSUL

O projeto Mercosul Digital acaba de lançar a publicação especial, bilíngue, “Comércio Eletrônico: Estudos e Diagnósticos no Mercosul”, que reúne dados e documentos interessantes sobre o panorama do Comércio eletrônico existente atualmente nos quatro países do Mercosul: Argentina, Brasil, Uruguai e Paraguai, incluindo Planos Diretores sobre o tema e ações para promover um Comércio Eletrônico transfronteiriço eficiente entre os países.

Entre os temas em destaque estão os novos recursos (legais, permissões, normas) para o apoio ou a realização do comércio eletrônico no MERCOSUL, tais como o ecossistema de comércio eletrônico; geração de confiança na internet; oferta e demanda de produtos e serviços aptos à comercialização pela internet e um  plano diretor de Comércio Eletrônico para o MERCOSUL.

Tais documentos permitem promover políticas e estratégias comuns no MERCOSUL, com o objetivo de reduzir o desnível digital e assimetrias existentes em temas de Comércio Eletrônico e Negócios pela Internet Transfronteiriços no bloco e na América Latina.

A versão digital da publicação, com a síntese e o estudo completo de cada documento, pode ser encontrada em www.mercosuldigital.org

O projeto Mercosul Digital é uma iniciativa da  cooperação internacional entre a União Europeia e o MERCOSUL, com foco nas áreas de e-commerce, capacitação contínua, desenvolvimento das pequenas e médias empresas (PMEs) e difusão dos temas da Sociedade da Informação em geral.

 Conheça os Estudos e Diagnósticos em temas de Comércio Eletrônico no MERCOSUL:

• Ecossistema de Comercio Eletrônico: foco em empresas que prestam serviços aos sites de varejo online e que formam a cadeia de negócios pela internet assim como diversos atores e elementos que interatuam na economia digital;

• Geração de confiança na internet: foco em temas como proteção de dados pessoais, defesa do consumidor e compras online. Foi apresentado um modelo digital, com o objetivo de criar uma infraestrutura de confiança entre ofertantes e consumidores para fomentar o comércio eletrônico transfronteiriço entre os países. Também foi avaliado o processo de adequação das normas para regular e proteger, com êxito, os direitos dos consumidores nas transações eletrônicas no MERCOSUL;

• Modelo digital para regulação e autorregulação do Comércio Eletrônico: criação de um ecossistema de confiança entre ofertantes e consumidores que permita fomentar o comércio eletrônico transfronteiriço entre os países membros;

• Oferta de demanda de produtos e serviços aptos ao Comércio Eletrônico: identificadas as principais categorias de produtos e serviços comercializados em cada país, e as variáveis que afetam o desenvolvimento do comércio eletrônico. O estudo apontou modelos para potencializar esse desenvolvimento e o que se deve fazer para neutralizar os obstáculos em favor da comercialização das mercadorias;

• Normas para a regulação do Comércio Eletrônico no MERCOSUL: foco na definição das bases para reconhecimento das medidas de seguração e normas legais comuns no comércio eletrônico e os negócios por Internet;

• Aspectos tributários, alfandegários e de logística do Comércio Eletrônico e os negócios por Internet transfronteiriços no MERCOSUL: foco na análise da logística, aspectos alfandegários e taxas de impostos no bloco e América Latina;

• Plano Diretor de Comércio Eletrônico para o MERCOSUL: criação de estratégia para o uso das normas legais para dar agilidade ao trâmite de documentos e processos entre os países, através da implantação de uma infraestrutura que permita realizar transações eletrônicas eficientes e seguras;

• Comércio Eletrônico Transfronteiriço: Formação e Capacitação para as Pequenas e Médias Empresas (PMEs);

• Manual de Boas Práticas em Comércio Eletrônico para as Pequenas e Médias Empresas (PMEs).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dois × cinco =