Carregando...
GESTÃO

Quer melhorar a tomada de decisão? Confira 7 indicadores para analisar o seu e-commerce

Quer melhorar a tomada de decisão? Confira 7 indicadores para analisar o seu e-commerce

Sempre que for avaliar o seu negócio, a primeira coisa que você precisa levar em consideração são os indicadores de desempenho.

Os indicadores são métricas que não podem ficar de fora das análises de um e-commerce varejista, isso porque é por meio desses dados que você, gestor, vai descobrir se o seu negócio está (ou não) obtendo sucesso.

Há vários indicadores que podem ser analisados pela sua empresa. No entanto, existem alguns principais que são indispensáveis caso você queira melhorar a tomada de decisão.

Quer garantir uma tomada de decisão estratégica e melhorar os resultados do seu e-commerce? Então veja no post de hoje qual a importância de analisar cuidadosamente os dados do seu negócio e quais são os principais indicadores de desempenho.

Por que os indicadores de desempenho são importantes?

A empresa que vende na internet sabe que o mercado digital é competitivo e que o sucesso dos negócios depende de uma boa tomada de decisão.

Os indicadores de desempenho são usados para avaliar o desempenho das estratégias e progresso das vendas, mas eles desempenham um papel muito mais importante: são ferramentas que auxiliam o gestor na hora de fazer investimentos, incluir ou retirar produtos do portfólio, aumentar ou reduzir a equipe, entre outros.

Quando não utiliza indicadores de desempenho, o profissional de gestão não consegue obter conhecimento suficiente para uma tomada de decisão estratégica. Isso porque não sabe como está o progresso do seu e-commerce, nem que práticas dão certo.

Agora pense só, o que acontece quando o gestor não avalia o desempenho do seu e-commerce e não toma boas decisões? O negócio simplesmente não sai do lugar, e por se manter estático a empresa simplesmente deixa de ser competitiva.

Principais indicadores de desempenho

Uma tomada de decisão só é assertiva quando existe conhecimento. Os indicadores de desempenho nada mais são do que a fonte desse conhecimento e os dados servirão de base para o direcionamento das estratégias.

Agora que você já sabe porque os indicadores são importantes, veja quais são as principais métricas que não podem ficar de fora das análises do seu e-commerce:

Faturamento bruto

O faturamento bruto é um indicador que mostra a quantia de dinheiro que a sua empresa conseguiu arrecadar a partir das vendas em um determinado período. Essa métrica não pode faltar na sua análise porque mostra o verdadeiro potencial de crescimento do seu e-commerce.

Para achar o faturamento bruto, você precisa usar a seguinte fórmula:

Faturamento bruto = volume total de vendas X valor de cada unidade vendida

Nesse caso, se em um determinado mês a sua empresa vendeu 1.000 itens a um preço unitário de R$ 30,00 o faturamento bruto será de R$ 30.000,00

Ticket médio

O ticket médio é um indicador que mostra quanto cada um dos seus clientes gasta, em média, na sua empresa. Essa é uma métrica que pode ajudar na elaboração de ações estratégicas e no planejamento de vendas.

A fórmula para o ticket médio é a seguinte:

Ticket médio = faturamento bruto / total de clientes

Assim sendo, se o faturamento bruto do seu e-commerce é R$ 30.000 e o total de clientes é 200, o ticket médio da sua empresa será de R$ 150,00.

Custo de Aquisição de Clientes

O custo de aquisição de clientes é um indicador que mostra quanto a sua empresa precisa investir para converter um cliente novo. Essa é uma métrica que pode ajudar a planejar o seu orçamento, inclusive a direcionar melhor suas ações de marketing.

Para achar o custo de aquisição de clientes você precisa usar a seguinte fórmula:

Custo de aquisição de cliente = total investido para converter clientes / total de clientes novos

Nesse caso, se o seu e-commerce investiu R$ 6.000 para adquirir um cliente e foram conquistados 950 novos consumidores, o custo de aquisição de clientes será de R$ 6,32

Tempo médio de conversão

O tempo médio de conversão é um indicador que mostra o período de tempo que a sua empresa leva para converter um visitante em cliente. Essa é uma métrica que não pode faltar na sua análise, já que ajuda a entender melhor o ciclo de vendas e quais estratégias precisam ser implementadas para otimizar a abordagem ao lead.

Nesse caso, não existe uma fórmula específica para calcular o tempo médio de conversão. Esse é um levantamento que deve ser feito analisando os relatórios de gestão e tráfego do seu site.

Taxa de conversão

A taxa de conversão é uma métrica que mostra o quanto a sua empresa é eficiente em converter os visitantes do site em clientes. Ou seja, indica o percentual de pessoas que, ao visitar a sua página, concluíram alguma compra.

Para achar a taxa de conversão usamos a seguinte fórmula:

Taxa de conversão = total de vendas / total de visitantes *100

Se no mês você efetuou 3.700 vendas e o total de visitantes únicos no seu site foi de 9.000, a sua taxa de conversão será: 41,11%.

Taxa de recompra

A taxa de recompra mostra o número de clientes que repetiram a compra em um determinado período. Esse é um indicador muito importante para um e-commerce varejista, pois mostra a capacidade que a empresa tem de gerar receita recorrente.

A fórmula para a taxa de recompra é a seguinte:

Taxa de recompra = total clientes que repetiram a compra / total de clientes *100

Assim sendo: se 2.000 clientes compraram com a sua empresa no início do mês, e no final do período, 1.300 repetiram a compra, a sua taxa de recompra será de 65%.

Satisfação dos clientes

A satisfação dos clientes é outro indicador que não pode ficar de fora das análises de um e-commerce varejista. Afinal, vai mostrar o quanto o consumidor digital está satisfeito com a sua empresa e se ele está propenso a indicar o seu negócio para outras pessoas, além de fazer novas negociações.

Para esse dado não é preciso fórmula, ok? Você pode descobrir o grau de satisfação dos seus clientes apenas realizando pesquisas digitais ou até mesmo aplicando questionários após atendimento e compra.

Viu só como os indicadores podem ajudar o seu e-commerce varejista na tomada de decisão? Os cálculos são simples de serem realizados, mas o acompanhamento deve ser contínuo para que a tomada de decisão seja mais assertiva. Dica! Considere utilizar um sistema de gestão ERP na sua loja virtual já que estes sistemas apresentam estes indicadores através de dashboards ou relatórios.

 

—-

Por Gustavo de Andrade Silva – Alternativa Sistemas

Gustavo é gerente de marketing na Alternativa Sistemas, empresa de ERP e soluções em Gestão Empresarial. MBA em Marketing pela USP. Doutorando e mestre em Ergonomia pela Unesp. Graduado em Ciência da Computação pela Unesp com graduação sanduíche no New York Institute of Technology e Endicott College, ambos nos Estados Unidos. Conta com experiências de trabalho em computação, design e marketing. Trabalhou em empresas no Brasil, Estados Unidos e Alemanha. Apaixonado por livros e tecnologia, busca aprimorar-se constantemente e estar atento às mudanças de mercado, visando a aplicabilidade do conhecimento adquirido.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

doze − 10 =