Carregando...
FRAUDES E RISCOS

Tentativas de fraudes tem aumento relevante de mais de 170% no Dia das Crianças

Tentativas de fraudes tem aumento relevante de mais de 170% no Dia das Crianças

Estudo realizado pela ClearSale apontou mais de 151 mil ações fraudulentas no período de 29 de setembro a 12 de outubro; em comparação com lista do ano passado, o setor de Alimentos deu lugar ao setor de Celulares

O montante é grande: R$ 124,67 milhões. Esse foi o número evitado em fraudes no varejo virtual em 2021 no Dia das Crianças. Quando nos referimos a termos financeiros, numa comparação com 2020, o crescimento foi de 87,59%, já que no último ano o valor beirou os R$ 66 milhões. Ao falar somente sobre fraudes, houve um aumento de 170,4% no e-commerce brasileiro, subindo de 55.880 pedidos potencialmente fraudulentos em 2020 para 151.114 neste ano.

Quem extraiu esses números foi a ClearSale, empresa especializada em soluções antifraude nos mais diversos segmentos, como e-commerce, mercado financeiro, vendas diretas, aplicativos de entrega e telecomunicações. O período para o levantamento de dados ocorreu entre os dias 29 de setembro a 12 de outubro, e foram analisados somente pedidos pagos com cartão de crédito.

Já sobre as categorias que apontaram o maior número de fraudes evitadas em 2021, a lista é a seguinte: Celular, Eletrônicos, Bebidas, Drogarias e Automotivo. Em 2020, quando as tentativas foram menores, a lista era composta por Alimentos, Celular, Eletrônicos, Bebidas e Joias. Nota-se duas alterações na lista: a saída de Joias e Alimentos e a entrada de Drogarias e Automotivo. O Celular também ganhou a primeira posição da lista, que anteriormente era de Alimentos – este, nem figurou nas maiores.

Sobre o valor dos produtos, as categorias com maior índice de possíveis ações fraudulentas foram: Eletrônicos, Bebidas, Ferramentas, Celular e Automotivo. No ano passado, o Top5 foi preenchido por Eletrônicos, Celular, Joias, Bebidas e Magazine. Mais uma vez, nota-se a saída de duas categorias: Joias e Magazine, para a entrada de Ferramentas e Automotivo.

“A explicação para esse aumento é simples de ser entendida. É notável que a consequência do crescimento do e-commerce nos últimos anos – acelerado pela pandemia – apresenta a seguinte situação: quanto mais brasileiros migram para o varejo digital, maior também é a proporção de fraudadores no e-commerce. Além disso, as datas comemorativas fazem a quantidade de consumidores aumentar por conta das promoções”, afirma Omar Jarouche, diretor de Marketing e Soluções.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

11 − um =