Carregando...
JURÍDICO E TRIBUTÁRIO

Ferramenta simula variação de tributos e auxilia precificação no ecommerce

Ferramenta simula variação de tributos e auxilia precificação no ecommerce

Com o aumento das vendas online, complexidade tributária pode levar empresas ao erro e resultar em prejuízos

Desde o início da pandemia, as vendas online ganharam um destaque ainda maior, mudando, significativamente, o comportamento e hábitos do consumidor, até o mais tradicional. De acordo com o Fisco, até o meio deste ano, as compras feitas pela internet cresceram 153,5% em relação aos dois últimos anos. Os primeiros cinco meses do ano já apresentaram alta de 74,4% em relação ao mesmo período de 2020. Ainda de acordo com o levantamento, o valor das vendas no e-commerce atingiu R$114,8 bilhões no acumulado de janeiro a maio, o que apontou um aumento de 47% em comparação com o último ano.

Para quem pretende se arriscar nesse universo digital por meio do comércio eletrônico, vale destacar a importância de precificar os produtos corretamente. Isso devido à complexidade tributária, uma vez que os impostos compõem uma fatia relevante do preço final e são variáveis de acordo com detalhes da operação, como origem, destino, uso e outras variáveis. Assim, para facilitar a tarefa de fabricantes, distribuidores e varejistas, a Avalara, multinacional de automação fiscal, apresenta o AvaTax Brasil, motor de cálculo na nuvem que simula a variação dos tributos. “A operação no e-commerce é ainda mais complexa, por conta da abrangência, com possíveis consumidores em diferentes estados, e de vendas realizadas pelos marketplaces, intermediadores que não são enquadrados em uma categoria tributária específica. Com isso, o preço final do produto pode variar entre 20% a 36% por conta dos impostos”, comenta a diretora-geral da Avalara Brasil, Alessandra Almeida.

Para que essa diferença não afete a margem de lucro, o AvaTax Brasil simula, a partir do conteúdo embarcado e atualizado diariamente em sua base de dados, o recolhimento de todas as obrigações, como Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI), PIS e Cofins, de acordo com a origem da mercadoria (nacional ou importada) e a finalidade de uso (consumo, insumo ou revenda) de todos os produtos cadastrados. Dessa forma, a ferramenta atua como aliada para o vendedor, que consegue estabelecer um preço justo e saudável para seu caixa. “Um preço desalinhado ao praticado no mercado acarreta perda de marketshare ou compromete a margem de lucro quando o componente está mensurado equivocadamente”, ressalta a executiva.

Além de contar com as regras básicas de impostos, o AvaTax Brasil também facilita o cadastro dos dados das mercadorias comercializadas pelo cliente. Seu workflow oferece uma visibilidade geral das alterações legais e memória de cálculo que quebra os impostos dos itens que compõem a carga tributária, proporcionando maior governança. “Entendemos essa dificuldade do fabricante e do vendedor, e por isso desenvolvemos uma tecnologia que assessora na precificação, especialmente para quem vende on-line, a fim de encontrar um preço competitivo para sua mercadoria”, finaliza Alessandra.

Mais informações em https://avlr.co/3kLgKdW

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

8 + seis =