O que são provadores virtuais e como funcionam? – Abcomm – Associação Brasileira de Comércio Eletrônico
Carregando...
MERCADO DIGITAL

O que são provadores virtuais e como funcionam?

O que são provadores virtuais e como funcionam?

As compras on-line de moda, uma indústria multibilionária, são uma criatura da conveniência moderna. No entanto, tem um espinho perene em seu lado: disparidade de tamanho.

Essa questão, relevante para todos os varejistas que vendem itens que exigem ajuste perfeito, resulta em volumes consideráveis ​​de devoluções e insatisfação dos clientes.

Por exemplo, um comprador pode pedir três pares de jeans do mesmo tamanho, um tamanho maior e um tamanho menor, apenas para descobrir que nenhum deles serve como esperado. Essa variabilidade de tamanho entre marcas e fabricantes, até mesmo para costureiras individuais, é um desafio significativo da indústria.

Sem mencionar que o impacto ambiental associado a entregas excessivas indo e vindo devido a devoluções não pode ser negligenciado.

Como resposta a esse desafio, o Google lançou ferramenta de inteligência artificial  (IA) que cria provador virtual para e-commerce. A ferramenta utiliza inteligência artificial generativa para provar roupas vendidas na internet sem sair de casa.

No entanto, a ambição por trás da IA ​​‘Virtual Try On’ do Google é digna de nota. Se for bem-sucedido, poderá não apenas aprimorar a experiência de compra online, mas também reduzir o volume de devoluções, tornando o setor de varejo mais sustentável.

Você já desejou poder experimentar roupas sem pisar em uma loja? Bem, o Google tornou esse sonho realidade com sua mais recente inovação: o provador virtual.

Então, diga adeus ao incômodo dos provadores tradicionais e olá à conveniência do provador virtual. Com a mais recente inovação do Google, você pode comprar roupas com confiança, sabendo exatamente como elas ficarão em você. O futuro da moda está aqui e é virtual!

Os compradores podem experimentar virtualmente itens de vestuário ou produtos de beleza sem tocar fisicamente nos próprios itens. A tecnologia de realidade aumentada (AR) ou inteligência artificial (IA) coloca o item sobre a imagem ao vivo do cliente, para que ele possa verificar o tamanho, o estilo e o ajuste de um produto que está pensando em comprar.

Há uma variedade de soluções de teste visual disponíveis, cada uma funcionando de maneira ligeiramente diferente e cada uma com seus benefícios e deficiências. Atualmente, os principais tipos de provadores virtuais que você encontrará são:

Modelos 3D personalizáveis. Alguns desses provadores virtuais simplesmente oferecem aos clientes uma seleção de modelos humanos em várias formas e tamanhos.

Como regra, esses são os provadores virtuais mais amplamente acessíveis. Eles são rápidos e fáceis de usar e permitem que os clientes tenham uma ideia aproximada de como as roupas ficarão neles. No entanto, eles não produzem uma réplica exata do corpo do cliente, portanto, não são tão precisos quanto outras opções.

Provas móveis. Essa solução renderiza uma representação 2D da roupa por cima de um vídeo do cliente em tempo real. Essencialmente, isso funciona como um filtro do Snapchat.

No entanto, eles não têm um dos principais benefícios da tecnologia do provador virtual: realmente refletem como a roupa vai se ajustar.

Realidade aumentada. Uma versão mais avançada dos provadores virtuais para dispositivos móveis é a realidade aumentada. Essa solução gera visualizações fotorrealistas mapeadas em avatares 3D exclusivos produzidos a partir de vários pontos de medição.

Crie conexões com os clientes

A fidelidade do cliente é uma meta de longo prazo para a maioria dos varejistas. Para construir relacionamentos de longo prazo com os clientes, você precisa primeiro criar uma conexão com eles por meio de diversas experiências de compra.

—–

Conteúdo desenvolvido por Josele Delazeri –  CCEO da Get Commerce, e diretora de conteúdo ABComm.

 

 

 

3 comentários
  1. Carlos Henrique Dornelas

    Tomara que dê certo ,porque é um absurdo não se ter um regulamento quanto a questão de números de roupa ,eu comprei uma calça número 44 e veio menor, isso na loja física C&A ,confiando nas roupas que já tenho sei meu número.

  2. Felipe José Muller

    Boa tarde, o provador virtual: realidade aumentada é necessário que o cliente precisa ter o aplicativo baixo no seu celular ?
    Esse aplicativo eu posso usar ele no meu whatsapp bussines site e Instagram ?

  3. Josele

    Boa tarde Felipe, muito obrigada pela pergunta. O provador virtual do Google irá funcionar da seguinte maneira. Através de modelos com diversas etnias, tons de pele, tipos de cabelo, altura e peso, as pessoas poderão saber se a roupa ficará bem no próprio corpo. Para isso, é só escolher um modelo que tenha o perfil mais parecido com si mesmo.

    Essa tecnologia criada em Mountain View mostra detalhes como caimento, dobras, sombras, em vários ângulos diferentes, para que quem está em casa tenha certeza se quer comprar o produto. Com essa IA é possível até mesmo ver se a roupa ficaria colada ou solta no corpo de acordo com a estrutura corporal da pessoa.

    Por enquanto, os modelos com essa função vão receber o selo “Try on” (“experimente aqui!”) sobre a imagem da loja na plataforma de pesquisa. Para usar a ferramenta, basta tocar no modelo escolhido.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dez + nove =