Carregando...
MERCADO DIGITAL

Reinvente-se: como a quarentena impulsionou as mudanças no e-commerce

Reinvente-se: como a quarentena impulsionou as mudanças no e-commerce

Esses três meses de quarentena nos deixaram vários aprendizados e decisões para tomar. As indústrias, por exemplo, tiveram que se reinventar. Devido às restrições impostas para o combate ao coronavírus, essas empresas tiveram que fechar suas instalações e algumas delas sofreram grandes perdas porque não tinham planos alternativos. Já outras optaram por desbravar o e-commerce e, para essas, vender online provou ser uma solução com custos menores e que garante mais visibilidade do que muitos outros canais.

Resultado de todas essas adaptações, aliado ao fechamento do comércio físico, trouxe um crescimento inesperado para o e-commerce. Segundo pesquisa realizada pelo movimento Compre & Confie em parceria com a Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm), o e-commerce brasileiro faturou 56,8% a mais nos cinco primeiros meses de 2020 em comparação com o período do ano passado.

Outra pesquisa, realizada pela consultoria IDC, afirma que no Brasil 52% dos entrevistados pretendem fazer mais compras online. A consultoria ouviu três mil consumidores da Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, México e Peru para entender a mudança de comportamento na quarentena.

O que esperar do futuro?

Todos esses acontecimentos trouxeram mudanças e aprendizados. Então, em um futuro próximo também podemos esperar:

  • Mais oportunidade de emprego no e-commerce (logística, atendimento ao cliente e tecnologia).
  • A transformação digital de empresas com a ajuda de consultores especializados.
  • Novas estratégias para lojas físicas, que não desaparecem, mas se reinventam: elas fornecerão outros tipos de experiências, especialmente associadas à retirada ou teste de produtos.

Como se reinventar?

Estamos passando por uma digitalização diária, desde uma videochamada com amigos até compras online, novos hábitos que adotamos cada vez mais rápido. Isso também impacta nos negócios. Aproveite esse momento de mudanças, observe outros setores e entenda a importância de sempre ter um plano alternativo. Observe os aprendizados e com isso reveja as estratégias para reinventar seu negócio.  Pensando nisso, a Real Trends compartilha as algumas dicas:

  • Entenda a jornada do consumidor antes dele chegar ao carrinho de compras e pense em estratégias que possam melhorar a experiência de compra em todas as etapas.
  • Use ferramentas para avaliar as tendências do mercado e alinhe a sua estratégia de acordo com essas informações.
  • Comece a investir em campanhas de marketing digital para expandir a divulgação dos seus produtos e, assim, maximizar sua visibilidade.
  • Analise o poder das redes sociais e crie histórias atraentes para posicionar a sua marca.
  • Invista em atendimento ao cliente e trabalhe a fidelização, afinal, clientes fidelizados geram recorrência e com isso é possível poupar investimentos atraindo novos leads.

“Em toda crise há uma oportunidade, embora o fator de incerteza gere um momento ruim para nós. O setor está se unindo mais do que nunca para gerar mudanças em longo prazo, apostando na digitalização do processo de compra que cuida da experiência do usuário”, diz Javier Goilenberg, CEO e cofundador da Real Trends.

Não se esqueça que o consumidor também mudou. Hoje eles valorizam marcas que pensam neles e que tenham um propósito. Ao se arriscar e apostar em transformação digital agora, isso pode mudar o futuro do seu negócio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quatro × 1 =