Até onde crescerá o Bing Brasil? – Abcomm – Associação Brasileira de Comércio Eletrônico
Carregando...
Artigos

Até onde crescerá o Bing Brasil?

Até onde crescerá o Bing Brasil?

Por Ricardo Zacho*

Segundo uma pesquisa da Hitwise no fim do ano passado, o Google continua como o principal buscador no Brasil, mantendo 92,14% de utilização. A segunda posição fica para o Bing, com 4,66%. O Bing, segundo a Microsoft, é um mecanismo de pesquisa que localiza e organiza respostas necessárias para que tomar decisões mais rápidas e informadas. É um concorrente direto do gigante do setor.  

O que esse número significa?

A distância ainda continua enorme entre eles, mas ao analisar os números e as estratégias de marketing digital, o Bing começa a fazer sentido. Ao aumentar sua participação no Brasil, a plataforma será forçada a oferecer resultados mais relevantes. Por outro lado o Google terá que fazer algo para manter-se no topo. Essa disputa deve favorecer o usuário. 

Esse pequeno crescimento já começa a dar alguns sinais. Em agosto de 2013 o mecanismo passou a oferecer mais recursos para buscas. Agora, os resultados mostram vídeos, imagens e notícias. Antes, esse conceito de busca virtual integrado era visto apenas no concorrente e líder do segmento. 

Além disso, a Serasa Experian mostrou um estudo relativo à taxa de visitas após uma pesquisa. Para surpresa de todos, o Bing Brasil é o vencedor nesse critério! De acordo com o estudo, 84,11% das buscas feitas no Bing resultaram em uma visita a algum site. O Google é apenas o sexto colocado da lista, com 75,12%. 

Como o anunciante irá se beneficiar?

A concorrência que começa a surgir será benéfica para todos: as possibilidades de anúncios serão maiores, os preços tendem a ficar menores e os serviços prestados devem ser melhorados. 

Eu torço pelo sucesso do Bing! É dessa forma que conseguiremos criar estratégias mais interessantes, flexíveis e inteligentes. 

*Ricardo Zacho é professor nos cursos de Links Patrocinados na Ecommerce School

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezessete − quatro =