Caminho eficiente para aumentar suas vendas em marketplaces na Black Friday – Abcomm – Associação Brasileira de Comércio Eletrônico
Carregando...
Notícias

Caminho eficiente para aumentar suas vendas em marketplaces na Black Friday

Caminho eficiente para aumentar suas vendas em marketplaces na Black Friday

Por: M. Carolina Pavan – Executiva de Vendas da Infracommerce

M. Carolina Pavan, executiva de vendas da Infracommerce Profissional com quase 10 anos de experiência em digital commerce, consolidada atuando no varejo, plataforma de e-commerce e indústrias, principalmente na área comercial e marketing. Sua trajetória inclui posições de consultora e executiva de vendas, com foco em digitalização de vendas e D2C business.

Uma das datas mais importantes para o varejo, como um todo, está se aproximando. E se você tem uma marca que vende online, em uma Flagship Store ou em um Marketplace, você não pode ficar de fora desse evento. Afinal, a Black Friday tem um potencial enorme de trazer novos clientes e fidelizar aqueles que já tem uma proximidade com seus produtos

Mas, você sabe como administrar as vendas em um canal próprio, ao mesmo tempo em que aumenta o lucro em plataformas parceiras? Pois é justamente isso que vou explicar nesse artigo. Aproveite a leitura para absorver conhecimentos sobre marketplace e para ter sucesso nessa Black Friday!

 

Black Friday é um ótimo período para vender no marketplace

Há uma máxima que não se pode negar mais: a Black Friday é uma oportunidade perfeita para vender mais, em um mês sem nenhuma outra data atrativa para o comércio. E esse é justamente o motivo pelo qual a sexta-feira de ofertas, com origem nos Estados Unidos, caiu tanto no gosto do brasileiro.

É aquela famosa união do útil ao agradável. De um lado, o varejo tem uma das datas comerciais mais importantes do segundo semestre, que traz a oportunidade de queimar o estoque antigo e preparar a
loja para o Natal. Por outro lado, o consumidor pode adiantar as suas compras de fim de ano,
com ofertas e condições especiais que só uma data como essa pode oferecer.

 

Vamos a um exemplo prático

Dentro desse cenário, por que é importante sua marca estar presente em grandes marketplaces? Bom, para começar, imagine uma situação de venda física.

Você tem uma loja própria de chocolates em um shopping, mas a localização dela dentro do empreendimento não é das melhores. As vendas na unidade são boas mas, devido ao local, ela não tem uma visibilidade legal. Para driblar esse problema, você fecha parceria com uma loja de departamento, onde os clientes adicionam o seu chocolate no carrinho ao passar pela prateleira do caixa. Depois de algum tempo, esses clientes já chamam sua marca pelo nome, vão até sua loja própria e fazem propaganda do seu chocolate para amigos e familiares.

Essa mesma estratégia você também pode adotar online. Na venda digital, então, você pode ter um e-commerce próprio, assim como pode colocar a sua marca paracircular em grandes marketplaces. As duas frentes não podem competir entre si, e sim, devem se complementar, assim como o exemplo da loja de chocolates. E esse é o grande “pulo do gato”, principalmente em datas como a Black Friday.

Como já disse em outro artigo, não há como fugir dos marketplaces se você quer que a sua empresa seja lembrada pelo consumidor. Se você não tem como vencê-los, junte-se a eles!

 

5 passos para alavancar as vendas na data

Como o foco aqui é falar da venda marketplace na Black Friday, vou te mostrar um caminho que vai ajudar no planejamento da data, tornando a experiência de compra nesse canal online ainda mais efetiva.

 

1 – Faça um mapeamento da última edição

Antes de começar a planejar as promoções de Black Friday, é interessante levantar os números da edição anterior. Veja quais foram os produtos mais vendidos, qual foi a porcentagem de desconto que chamou mais a atenção dos clientes, observe o comportamento de compra, e outros indicadores que podem trazer insights valiosos das vendas no marketplace.

2 – Invista na recomendação de produtos

Com esses dados em mãos, você pode montar listas de produtos recomendados, de acordo com o perfil de cada cliente. Essa comunicação personalizada pode ser enviada por e-mail marketing, por exemplo. Isso aproxima o público da sua marca, mesmo que a venda esteja sendo realizada em um site parceiro.

3 – Aposte em campanhas de mídia paga

Também é possível investir em outras frentes de marketing digital dentro do próprio marketplace. Uma delas é a inserção de anúncios patrocinados. As campanhas de mídia e performance podem fazer com que a sua “lojinha” dentro da plataforma ganhe destaque, ao mesmo tempo que você aumenta a reputação da sua marca e dos seus produtos. Isso pode impulsionar tanto as vendas no marketplace, quanto as vendas na sua loja online própria.

4 – Mantenha o controle de estoque

Como lá no primeiro passo você já levantou os produtos mais vendidos no período de Black Friday e já planejou as promoções em cima desses itens, você também precisa fazer um controle de estoque na data. Isso contribui para a satisfação do cliente e preserva a imagem da sua empresa.

5 – Fidelize o cliente no pós-vendas

A Black Friday é uma data que atrai clientes, porém, é interessante manter essa atração mesmo depois da sazonalidade pensando, principalmente, no próximo evento comercial, que é o Natal. Então, busque oferecer cupons e programas que incentivem a recompra. Como também, disponibilize um atendimento pós-vendas que tenha empatia com o cliente, afinal, mesmo com toda tecnologia que uma venda online envolve, o fator humano nunca pode ser deixado de lado.

Seguindo esse roteiro, você tem a faca e o queijo na mão para entregar a melhor experiência de vendas no marketplace nessa Black Friday, e em todas as datas importantes para o sucesso da sua marca.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 × um =