Lições da Amazon para um e-commerce de sucesso – Abcomm – Associação Brasileira de Comércio Eletrônico
Carregando...
MERCADO DIGITAL

Lições da Amazon para um e-commerce de sucesso

Lições da Amazon para um e-commerce de sucesso

Primeiramente, a Amazon percorreu um longo caminho desde seu início humilde como livraria online.

Desde seu lançamento em 1994, a Amazon cresceu e se tornou um gigante do e-commerce.

A maioria das empresas de comércio eletrônico vê a Amazon como um concorrente feroz – uma força de comércio eletrônico que dificulta o sucesso de todos os outros que vendem on-line.

Por mais fácil que seja ver todas as maneiras como a Amazon dificulta sua vida, você pode aprender muito com o modo como eles fazem negócios.

Acima de tudo, o CEO da Amazon, Jeff Bezos, passou quase metade de sua vida inventando.

E revolucionando o e-commerce.

O sucesso da Amazon levou anos para ser alcançado e se deve em parte à sua abordagem estratégica de crescimento.

Qualquer empresa de comércio eletrônico, independentemente de onde comece, pode aprender com o exemplo da Amazon para expandir seus negócios, e atrair e reter mais clientes.

Para a maioria dos varejistas de comércio eletrônico, mover apenas uma pequena fração da quantidade de produtos que a Amazon vende a cada ano, seria um sonho tornado realidade.

Lição 1 – Aborde proativamente os pontos de dor

Muitas pessoas adoram a conveniência do comércio eletrônico, mas ele vem com um conjunto único de pontos problemáticos:

Os custos de envio são uma das principais causas de abandono de carrinho.

Os tempos de envio lentos causam impaciência e podem até impedir que as vendas aconteçam, principalmente para compras urgentes em datas especiais.

O processo de checkout, especialmente em sites que exigem que os usuários criem uma conta para fazer uma compra, pode impedir as compras por impulso.

Um processo de devolução difícil, ou que custa dinheiro ao cliente, pode tornar a experiência geral negativa.

A Amazon aborda os dois primeiros pontos problemáticos com envio rápido e gratuito para todos os usuários Prime, e oferece às pessoas muitas razões para ter uma conta e permanecer conectado ao site, como músicas e filmes gratuitos para membros.

E, embora nem a Amazon possa tornar o processo de devolução totalmente indolor, eles oferecem frete de devolução gratuito em muitos tipos de itens, e permitem que as pessoas façam devoluções em armários da Amazon próximos, por conveniência.

Lição 2 – Atenda as necessidades de seus clientes

Parte do motivo da evolução da Amazon de varejista de livros para varejista de “tudo”, é sua capacidade de aproveitar o poder das referências.

Segundo Jeff Bezos, CEO da Amazon,  “Antes, se você deixasse um cliente feliz, ele contava a cinco amigos. Agora, com o megafone da internet, sejam avaliações de clientes on-line ou redes sociais, eles podem contar a 5.000 amigos.”

O fundador e CEO da Amazon tem sido implacável em sua busca pela construção da empresa mais dominante e focada no cliente da história moderna.

Lição 3 – Um império de e-commerce beneficia-se do controle

Os negócios de e-commerce podem existir de maneiras diferentes.

Como a Amazon provou, o sistema “Empire” pode ser muito bem-sucedido.

No sistema Empire, a empresa existe como uma entidade monopolística que compra e vende tudo por conta própria.

Mantém uma hierarquia – e as pessoas podem optar por aderir a ela ou ser sistematicamente eliminadas.

Isso é bastante frutífero na maioria dos casos, e esta é a filosofia seguida por Jeff Bezos da Amazon.

Lição 4 – Use dados para informar suas decisões

O CEO da Amazon, Jeff Bezos, disse uma vez: “Se você dobrar o número de experimentos que faz por ano, dobrará sua inventividade”.

Lição 5 – A essência de uma visão de longo prazo

Você já ouviu um gerente de negócios bem-sucedido afirmar que gosta de correr depois de aumentar a rotatividade geral.

Em vez de lutar com unhas e dentes sobre as margens de cada produto?

Essa é a norma se você deseja estabelecer sua marca e permanecer no negócio no longo prazo.

 

Conteúdo desenvolvido por Josele Delazeri – CCEO da Get Commerce, melhor plataforma de e-commerce do Brasil, e diretora ABComm.

 

5 comentários
  1. Manoel Claudiano de Oliveira

    De fato o saber em sua grande maioria vem do ato de insistir, não no insistir no erro, mas no aprimoramento daquilo que deu certo e pode dar mais certo ainda.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

catorze − 5 =