Black Friday ou Dia do Consumidor: qual data tem mais peso para o mercado de celulares? – Abcomm – Associação Brasileira de Comércio Eletrônico
Carregando...
Pesquisas

Black Friday ou Dia do Consumidor: qual data tem mais peso para o mercado de celulares?

Black Friday ou Dia do Consumidor: qual data tem mais peso para o mercado de celulares?

Há pelo menos dois anos, o Dia do Consumidor vem ganhando força como data promocional do varejo. Há quem diga que a comemoração já pode ser comparada à Black Friday. Será?

Para averiguar a força das datas promocionais para a indústria de celulares – e a qual delas o segmento é mais sensível – a WebGlobal realizou uma pesquisa de variação de preços nos dois períodos, com aparelhos celulares de faixas de preço baixa, média e alta das três principais marcas do Brasil: Apple, Samsung e Xiaomi. Foi selecionado um modelo de cada faixa de preço, de cada uma das 3 marcas líderes. O critério de seleção foi o aparelho presente em mais lojas, considerando o menor preço em e-commerces e marketplaces sem sellers, ou seja, de produtos vendidos e entregues pelo próprio marketplace, e o preço coletado foi o menor registrado em cada dia.

Quanto às datas selecionadas, o período de análise para a Black Friday foi o primeiro dia de novembro, dia 19 de novembro, uma semana antes da data promocional, e o dia 26 de novembro de 2021, quando a data foi celebrada no Brasil. Já no Dia do Consumidor foram selecionados o primeiro dia de fevereiro, o primeiro dia de março e o dia 15 de março de 2022, em que se comemora a data promocional. O intervalo maior entre a primeira e a última data no caso do DC deve-se ao fato de que alguns lojistas consideraram as promoções para o Mês do Consumidor.

Todos os dados foram obtidos por meio do sistema WebPrice, que monitora sites de e-commerce em toda América Latina.

Os resultados podem ser visualizados a seguir:

A partir dos dados apresentados nas tabelas, é possível visualizar que no Dia do Consumidor houve três casos de elevação de preços antes da data promocional para baixar no dia da promoção. Dois aparelhos celulares da Apple e um da Samsung sofreram esse tipo de variação, todos na data de março. A Xiaomi, inclusive, fez o inverso com o seu aparelho da faixa de preço mais elevada, e a oferta mais barata do dia para o Mi 10t 128g preto foi mais alta em 15 de março do que duas semanas antes, mas ainda assim o aparelho estava mais barato do que em fevereiro.

Entre as três marcas, verifica-se pouca variação de preços nos modelos de valor mais elevado. A Apple teve a intenção de trabalhar essa categoria e apenas no Dia do Consumidor, com o aparelho  Iphone 13 Pro Max 512gb prata, ainda assim o valor mais baixo encontrado no dia da promoção foi mais elevado do que o praticado no início do mês de fevereiro. Já os valores do aparelho mais caro analisado da Xiaomi, o Xiaomi Mi 10t 128gb Preto, tiveram uma pequena redução no Dia do consumidor, cerca de 2%.

Entre os modelos de faixa de preço baixa, o movimento foi contrário: nas duas datas, a maioria dos aparelhos do grupo dos “baratos” tiveram decréscimo de valor. A exceção foi o Redmi 9ª 32gb cinza, da Xiaomi, que não foi impactado pelo Dia do Consumidor e permaneceu com o mesmo preço mínimo ao longo daquele período. O modelo da Samsung dessa faixa de preço, o Galaxy A32 A325m 128gb Preto, registrou elevação em primeiro de março para voltar ao valor de fevereiro do dia da promoção.

Já em relação ao percentual de descontos, cada marca se comportou de forma diferente em cada uma das datas promocionais. Os aparelhos da Apple tiveram variação de preços semelhante, com um desconto até maior no Dia do Consumidor no seu modelo da faixa intermediária de preços, o  Iphone 13 Mini 512gb Rosa, do que na Black Friday. O desconto do aparelho na data de março de 2022 foi de 10%, enquanto na BF foi de 4%.

Os aparelhos da Samsung foram bem trabalhados na Black Friday, e tiveram descontos agressivos: 13% no modelo selecionado da faixa intermediária, o  Galaxy S21+ G996b 256gb Violeta, e 10% no modelo de faixa de preço baixa, o  Galaxy A32 A325m 128gb Preto. Já o desconto encontrado no Dia do consumidor foi de menos de 2% no modelo intermediário, e os demais aparelhos não tiveram variação de preços.

Por fim, os celulares da Xiaomi se mostraram os menos sensíveis a datas promocionais entre as marcas analisadas. Houve um desconto considerável, cerca de 12%, apenas na Black Friday, no modelo Redmi 9a 32gb Cinza, o mais barato da marca selecionado para análise. No dia do Consumidor, os descontos registrados para os aparelhos da marca não ultrapassaram os 2%.

Ao avaliar a variação de preços e o percentual dos descontos aplicados nas duas datas, pode-se afirmar que a Black Friday segue tendo mais força e oferece descontos reais mais atrativos. Contudo, percebe-se um esforço das marcas investigadas para participar da nova data do comércio de alguma forma. É preciso considerar que a Black Friday, por estar mais consolidada, tende a ter espaço sedimentado no planejamento de marketing das empresas, ao passo que o Dia do Consumidor ainda tem caráter de novidade. A expectativa é de que, no próximo ano, o Dia do Consumidor se fortaleça e seja um momento para ofertas mais chamativas para os consumidores.

 

Sobre a WebGlobal

Fundada em 2011, a WebGlobal é uma empresa especializada em tecnologia para monitoramento de mercado online. Por meio de Big Data, Machine Learning e Inteligência Artificial, desenvolvem soluções de monitoramento de preços, produtos, marcas e lojas e oferecem a varejistas, atacadistas e indústrias dados fundamentais para aprimorar sua estratégia de e-commerce. Com uma equipe altamente especializada, dedicada ao relacionamento com o cliente, oferece um atendimento personalizado, melhorando ainda mais os resultados. Atualmente, é referência do setor na captação, filtro e organização de dados no mercado nacional.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

17 + dezenove =