Carregando...
Notícias

Comércio eletrônico projeta crescimento de 18% com Dia dos Namorados

Comércio eletrônico projeta crescimento de 18% com Dia dos Namorados

Empresas pertencentes aos segmentos com previsão de expansão nas vendas, Giuliana Flores e o marketplace de moda premium Ozllo preveem altas de 200% e 30%, respectivamente

 


Mimos para os namorados

Mesmo que os pombinhos não estejam se encontrando durante a quarentena imposta para combater a pandemia de coronavírus, dar um presente de Dia dos Namorados é uma atitude possível e capaz de contribuir para manter acesa a chama do relacionamento, mesmo que a distância. Tanto é que a Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm) estima alta de 18% no movimento do setor entre 25 de maio a 12 de junho, em relação a igual período do ano passado. Serão 9,76 pedidos com tíquete médio de R$ 303 que levarão o faturamento do setor para R$ 2,96 bilhões. Entre as empresas de e-commerce com perspectiva de alta no desempenho estão a Giuliana Flores e o marketplace virtual de moda premium Ozllo. A primeira prevê expansão de 200% e a segunda, de 30%.


 

O comércio eletrônico brasileiro espera um aumento das vendas relacionadas ao Dia dos Namorados, celebrado em 12 de junho, apesar da crise causada pela pandemia do novo coronavírus. A Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm) estima que, de 25 de maio a 12 de junho, o movimento vá crescer 18% na comparação com igual período do ano anterior, levando o faturamento do setor para R$ 2,96 bilhões.

De acordo com o estudo da instituição, prevê-se que sejam feitos 9,76 milhões de pedidos com tíquete médio no valor de R$ 303. As categorias que terão produtos mais vendidos serão moda, perfumes, cosméticos, informática, eletrônicos, cestas e flores.

“O Dia dos Namorados é uma das datas mais importantes para o e-commerce, e contribui muito com o volume de vendas apurado durante o ano. O comércio eletrônico deve estar preparado para aproveitar todo o potencial da data”, finaliza Maurício Salvador, presidente da ABComm.

Loja de presentes que está há 25 anos no mercado e pioneira em seu segmento na venda pela internet, a Giuliana Flores projeta um crescimento de 200% nos pedidos, que deverão chegar a 50 mil. Mesmo com a pandemia, a empresa vem registrando alta nas vendas, em decorrência das medidas que implementou.

Entre elas estão a suspensão de linhas de produtos cujas confecções são mais complexas e requerem mais tempo para serem finalizados, a adoção de campanhas promocionais e a realização de três entregas diárias dos seus produtos.

Marketplace on-line de roupas e acessórios premium seminovos e de coleções passadas, a Ozllo estima que o Dia dos Namorados vá proporcionar um aumento de 30% do faturamento em relação ao projetado para o fim de maio e aumento de 150% do número de pedidos.

A marca prevê, mesmo com a pandemia, fechar 2020 com crescimento de 20% sobre 2019. “Reforçamos nossa presença on-line e a interface com os nossos clientes. E notamos que os consumidores de luxo continuam confiantes em seguir consumindo: hoje, temos um índice de recompra de aproximadamente 30% e conseguimos realizar um bom trabalho com a base que possuímos”, diz a sócia fundadora da Ozllo, Zoë Póvoa.

 

Sobre a ABComm

A Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm) surgiu para fomentar o e-commerce com conhecimentos relevantes e auxiliar na criação de políticas públicas para o setor. A associação reúne representantes de lojas virtuais e prestadores de serviços nas áreas de tecnologia, mídia e meios de pagamento, atuando frente às instituições governamentais, em prol da evolução do mercado. A entidade sem fins lucrativos é presidida por Mauricio Salvador e conta com diretorias específicas criadas para aprofundar discussões, entre elas: omnichannel; relações governamentais; mídias digitais; relações internacionais; meios de pagamento; capacitação; desenvolvimento tecnológico; empreendedorismo e startups; jurídica; métricas e inteligência de mercado; crimes eletrônicos; e marketing. Para mais informações, acesse: www.abcomm.org.

 

Sobre Giuliana Flores

Criada há mais de 25 anos pelo empreendedor Clóvis Souza, a Giuliana Flores foi uma das primeiras lojas virtuais de flores e presentes do Brasil, nascida em 2000. Enfrentando o “boom” da internet, quando várias empresas “ponto.com” fecharam, a marca se fortaleceu e hoje se posiciona como líder no segmento. Entre seus diferenciais, estão a constante preocupação com a combinação de flores e arranjos para agradar aos mais variados gostos e estilos, além das fortes parcerias com marcas de luxo como Ferrero Rocher, Nestlé, Heineken, Milka, Crocs, Natura, Havanna, Lindt, Chandon, Erdinger, entre muitas outras, oferecendo produtos exclusivos ao e-consumidor. Atualmente, a Giuliana Flores conta com 280 mil visitantes únicos/mês, compostos por um público pertencente às classes AA, A e B, com idade média entre 25 e 55 anos e atende mais de 5 mil cidades. O portal ganhou o Prêmio Época Reclame AQUI nos anos de 2013, 2016, 2017 e 2018, todos na categoria E-commerce – Floricultura, e conta com o selo de empresa reconhecida pelos sites Bondfaro e Buscapé, Loja Ouro pelo e-bit e Selo Site Blindado. Para mais informações, acesse: www.giulianaflores.com.br.

 

Sobre a Ozllo

Marketplace de peças e acessórios premium, auxilia empresas a liquidarem peças de coleções passadas, atua na venda de seminovos e se prepara para se tornar um hub de negócios de moda. A Ozllo tem foco no aumento do resultado financeiro de seus parceiros e na manutenção da imagem das marcas de alto padrão como tais, oferecendo um serviço que se aproxime ao máximo da experiência que proporcionam ao consumidor. A plataforma também permite que usuários passem suas próprias peças em desuso para frente – por um preço até 80% menor para o consumidor final. Foi criada em 2016, pela empreendedora Zoë Póvoa. www.ozllo.com.br

 

Informações à imprensa

NB Press Comunicação

Tel.: 55 11 3254 6464 / São Paulo / SP

E-mail: abcomm@nbpress.com; giulianaflores@nbpress.com; ozllo@nbpress.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

sete + dezoito =