Como trabalhar gatilhos mentais para vender mais no e-commerce – Abcomm – Associação Brasileira de Comércio Eletrônico
Carregando...
VENDAS

Como trabalhar gatilhos mentais para vender mais no e-commerce

Como trabalhar gatilhos mentais para vender mais no e-commerce

Os gatilhos mentais causam reações no cérebro com base em emoções. No e-commerce, a reação desejada geralmente é a compra, e para isso é necessário instigar sentimentos positivos ou uma sensação de urgência nos clientes.

Os principais sentimentos usados para despertar o interesse de compra são:

  • confiança
  • urgência
  • escassez
  • novidade
  • reciprocidade

Neste artigo vamos mostrar como trabalhar cada um deles para aumentar as vendas em lojas virtuais.

Confiança

A confiança é adquirida por meio de uma comunicação clara e transparente, que busca o feedback dos clientes. Por isso, a prova social, caracterizada pela avaliação de clientes de produtos e do atendimento de uma loja virtual, é fundamental.

Na página do produto você pode incluir avaliações de outros clientes com o título: “Veja o que nossos clientes acharam deste produto”. Pedir avaliação dos clientes também é importante, assim como estimulá-los a fazer comentários sobre os produtos adquiridos em sua loja. 

Exemplo de chat da edrone pedindo avaliação do atendimento

Urgência 

Os gatilhos mentais de urgência trabalham com a necessidade do ser humano de levar vantagem em uma negociação. Quando uma loja virtual envia um e-mail marketing com uma promoção com tempo limitado, por exemplo, o cliente sente a necessidade de fazer a compra para não perder a vantagem do preço mais baixo.

Exemplo de e-mail marketing com gatilho de urgência

Escassez 

A escassez, também conhecida pela siga FOMO (em inglês, “Fear Of Missing Out”, algo como “medo de ficar de fora”), é muito parecido com a urgência. Porém, enquanto o gatilho anterior trabalha com um período de tempo, esse é mais voltado para a quantidade do produto disponível.

O melhor exemplo de gatilho de escassez são os sites de viagem que incluem a disponibilidade de unidades para acomodação ou passagens disponíveis, sempre como últimas unidades, instigando o cliente a comprar antes que acabem.

Clássico exemplo do gatilho de escassez no site Booking.com

Novidade

As palavras “lançamento” e “novidade” aumentam a curiosidade sobre um produto ou serviço. Por isso, e-mails ou pop-ups de pré-venda em uma loja virtual, podem ser um gatilho para vender mais antes mesmo de lançar o produto.

Exemplo do gatilho de novidade com oferta de pré-venda

Reciprocidade

Por fim, o gatilho de reciprocidade acontece quando a loja virtual oferece algo para o cliente sem pedir nada em troca. Pode ser algo tão simples quanto um blog post que resolve uma dor do cliente – por exemplo, uma marca de cosméticos publicar um aritgo sobre os diferentes tipos de pele e os melhores rituais de beleza para cada um deles.

Isso também pode ser feito em forma de e-mail marketing, com e-mails recheados de conteúdo e informações pertinentes para o dia a dia dos clientes.

No exemplo abaixo, uma marca de óleos essenciais traz um conteúdo educativo sobre a conscientização de doenças, que podem ser um problema de seus clientes. Ao receber esse conteúdo, o usuário cria uma conexão emocional com a marca e, quando surgir a necessidade de comprar um óleo essencial, se sentirá compelido a comprar desta marca, como parte de uma economia de gratidão.

Exemplo de gatilho de reciprocidade com e-mail informativo da By Samia

 

 

A edrone combina serviços de CRM e Automações de Marketing para E-commerce que ajudam lojas virtuais a trabalhar os gatilhos mentais em diferentes estratégias de marketing digital. Agende agora uma demonstração gratuita e transforme a sua loja virtual em uma máquina de vendas! ← Viu como usamos o gatilho mental aqui? 😉

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dois × 5 =